Patrocínio nos uniformes dos árbitros de futebol

anderson_daronco
Foto: Divulgação Internet | Anderson Daronco

Há algum tempo, os árbitros de futebol, popularmente também chamados de juízes, tem usado o uniforme com patrocínios em campeonatos pelo Brasil

Após a entrevista ao programa Abrindo o Jogo da Órion TV, a repercussão superou as nossas expectativas! Dentre os e-mail’s que recebemos, a questão que mais apareceu foi a polêmica a respeito dos árbitros servirem de “Outdoor”.

O patrocínio para a arbitragem no futebol brasileiro joga no lixo as regras da FIFA sobre o assunto.

Duas das normas da entidade que controla o futebol mundial são ignoradas por sindicatos e federações que vendem anúncios no uniforme da arbitragem.

A primeira salta aos olhos.

De acordo com a FIFA, só é permitida a exibição de patrocínios nas mangas das camisas do trio e, ainda assim, com um limite de espaço.

No Brasil, o espaço preferido dos anunciantes fica na frente da camisa ou nos calções.

Para justificar o desrespeito às regras da FIFA, os representantes dos árbitros declaram que as regras da federação internacional servem apenas para as competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol.

Pela ótica deles, os Estaduais, por serem competições sob o comando das federações, não precisam respeitar o que a entidade mundial prega, apesar de as federações de cada Estado serem subordinadas à CBF.

Outro item do regulamento da FIFA que é ignorado no patrocínio dos árbitros brasileiros pode resultar em mais polêmica ainda.

Diz um artigo que a “publicidade nas camisas dos árbitros será permitida apenas se ela não criar conflito de interesses com a publicidade vestida pelos dois times”.

O regulamento da FIFA que dita as regras do patrocínio dos árbitros indica que sua violação será punida de acordo com o regulamento disciplinar da entidade, que pode variar de multa a suspensão.

O regulamento disciplinar afirma que ele deve ser aplicado a todas associações (no caso do Brasil, a CBF) e seus respectivos filiados.

Além do ponto de vista legal, existem dois pontos de vista para o caso: a do marketing esportivo e pelo ponto de vista ético.

Para o Marketing esportivo, enxergo o patrocínio como um posicionamento muito duvidoso em termos de resultado para marca.  O juiz passa uma imagem de responsabilidade e de tomada de decisões que até podem agregar valor a marca, no entanto, os torcedores não o enxergam desta forma.

Qual imagem o torcedor terá de um juiz que não marcou um pênalti legítimo a favor do seu time do coração numa final de campeonato? Ou um impedimento marcado erroneamente? Com certeza não será boa. É capaz, ainda, da marca ficar na memória do torcedor, mesmo que inconscientemente, associando-a a algo ruim e passar a evitar a marca.

O arbitro de futebol não transmite emoção, o fator diferencial do marketing esportivo, como no caso do patrocínio na camisa de um clube. Ou pior, até transmite emoção, mas ela será negativa na visão do torcedor, do consumidor esportivo, afinal, ninguém torce pelo juiz. Portanto, ele está muito próximo de ser um merchandising ambulante, assim como as placas na beira do gramado, mas só que estas não se movem. Podemos chama-lo então de “árbitro-outdoor”.

Assim sendo, não consigo enxergar grandes vantagens em patrocinar um árbitro de futebol. Se um investidor, que deseja utilizar o marketing esportivo como ferramenta promocional de sua marca, e está na dúvida entre patrocinar um árbitro, ou as placas ao redor do gramado, sem considerarmos o valor do investimento, sugiro optar pela segunda opção, pois nesta, não se corre o risco de vincular uma imagem negativa para a marca.

You’ll Never Walk Alone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.