Marcel Barbosa avalia campanha histórica do Juventus no Paulista sub-20 e projeta Copinha

juventus.jpg
Foto: Crédito: Alê Vianna | C. A. Juventus

Treinador do Moleque Travesso ficou satisfeito com participação da equipe no estadual da categoria

No último dia 12 de outubro o Juventus encerrou sua participação no Campeonato Paulista sub-20, após ser derrotado por 1 a 0 pelo Mirassol, no Estádio Campos Maia, terminando a competição na quarta colocação no Grupo 13. Porém, mesmo com o resultado adverso, o Moleque Travesso possui motivos para comemorar.

juventus2.jpg
Foto: Crédito: Luiz Gatti | Leader Press

Dez anos depois, o clube igualou sua melhor campanha no estadual da categoria e voltou a disputar a terceira fase do campeonato, feito que só havia conseguido em 2009, quando também foi eliminado nessa etapa. Neste ano, chegou na penúltima rodada ainda com possibilidade de garantir vaga nas quartas de final, porém, uma derrota para o Santos, por 1 a 0, em casa, encerraram as chances de classificação.

Marcel Barbosa, treinador do Juventus, fez uma análise positiva da campanha de sua equipe que, mesmo com algumas dificuldades, conseguiu por muitas vezes reproduzir em campo seu padrão de jogo ofensivo, e revelou que acreditava que poderiam ter ido mais longe na disputa.

– Vínhamos de duas fases iniciais bem consistentes, impondo nosso sistema de jogo, mas quando o campeonato afunilou nessa terceira fase, sabíamos que os adversários seriam de um nível onde qualquer erro poderia custar pontos. Não foi diferente. Fizemos jogos de igual pra igual com todos eles, marcando em cima e buscando sempre o ataque, mas em alguns momentos infelizmente tivemos desatenções ou até mesmo falta de sorte. Acho que tínhamos condições de chegar às quartas de final, mas fiquei muito feliz com que os jogadores apresentaram ao longo da competição.

Agora, o time de Marcel volta suas atenções para a Copa São Paulo de Juniores do ano que vem, torneio que o clube da Mooca já conquistou uma vez, em 1985, e ainda possuí três vice-campeonatos (1989, 90 e 2000). O treinador se mostra otimista quanto a participação do Moleque Travesso e confia na qualidade do grupo composto no estadual para fazer bonito também na Copinha.

– Criamos um elenco forte durante o Campeonato Paulista, e acredito que essa nossa campanha ajudará muito no fator confiança, já que fizemos bons jogos diante de equipes muito qualificadas. A Copinha é uma competição de tiro curto, por isso é muito importante trabalharmos mais o físico e o emocional. Se conseguirmos atrelar isso a nossa qualidade, tenho certeza que poderemos surpreender.

No Juventus desde 2014, Marcel tem em seu currículo passagens importantes pela base do Corinthians, Nacional-SP e Internacional de Limeira, onde ajudou a descobrir e lapidar talentos como Lucas Lima (Palmeiras), Gustavo Tocantins (ex-Corinthians), Pedro Henrique (Athletico Paranaense), Felipe Alves (Fortaleza), e o mais novo selecionável, Matheus Henrique (Grêmio). Na Copinha, espera aumentar essa lista com mais gratas promessas em sua vasta lista de descobertas.

Fonte: Leader Press Comunicação

Uma goleada de informação – Trivela na Rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.