Técnico brasileiro nos EUA desafia atletas em tempo de coronavírus

asc assessoria
Foto: Reprodução

“Precisamos mantê-los em atividade”, argumenta Léo Santin

A equipe do United Soccer, na cidade de Hunstiville, do estado do Alabama, nos EUA, encontra-se em isolamento social há quinze dias devido a pandemia do novo coronavírus, e para fazer com que seus atletas se movimentem enquanto estão em casa, o treinador Léo Santin, ex-Francana e Botafogo-SP traçou, junto ao clube, uma estratégia: enviar desafios aos seus atletas.

“A ideia é que eles se movimentem nesse momento de tanta ociosidade. Sabemos que eles gostariam de estar treinando conosco, todos juntos, principalmente, sabendo que era para estarmos no início do campeonato estadual que foi cancelado com o início do isolamento”, comenta Léo Santin.

São diversos desafios publicados nas redes sociais do clube e também enviados aos atletas.

“Fazemos desafios, enviamos dicas de como fazer alguma atividade específica, entre outras coisas. Assim, fazemos com que eles interajam conosco e se mantenham em movimento”.

O campeonato que teria início no dia dez de março, foi adiado de acordo com as recomendações do governo e federações futebolísticas locais.

“Não temos tantos casos aqui no Alabama, mas se, para evitar a propagação da doença for necessário ficarmos em casa e cancelar início de campeonato, vamos contribuir e fazer o nosso papel junto à sociedade”, conclui o treinador.

Fonte: ASC Assessoria

Uma goleada de informação – Trivela na Rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.