A interferência nos atletas de futebol por conta da parada dos treinamentos por conta do COVID-19

marcelo_almeida
Arte: Luan Rodrigues | Trivela na Rede

Exercícios físicos estimulam o sistema imunológico e se tornam ainda mais importantes em tempos de pandemia

Meu irmão, Marcelo Almeida, aceitou o nosso convite em dividir parte do seu conhecimento para orientar a todos os nossos leitores com treinamentos que podem ser elaborados e realizados em diversos lugares.

“Olá pessoal do Trivela na Rede. Tudo bem?

Me chamo Marcelo Almeida, e sou formado em Educação Física a 6 anos pela faculdade ACM/Fefíso de Sorocaba e tenho Pós-Graduação em Treinamento Desportivo pela USP/SP (Universidade de São Paulo), além de alguns cursos no currículo, tais como; Força, Velocidade e Potência realizado pela CBF e o Summit de Treinamento Internacional realizado pela Mwove juntamente ao Athlético Paranaense. Atualmente atuo como professor em uma academia de musculação adaptada e personalizada, e também trabalho como Personal Trainer.

Na minha juventude eu tentei ser jogador de futebol, passando por alguns clubes: Atlético Sorocaba/SP, São Carlos/SP, Mixto/MT, entre outros. E assim que desisti do sonho de ser jogador profissional resolvi me dedicar a estudar mais o futebol e tentar seguir o trabalho dentro do futebol como preparador físico. Ainda não consegui nenhum clube para atuar mas, por um tempo fiz estágio dentro do clube do Ituano, aonde tive uma troca grande com a comissão de preparação física do clube.

Hoje atuo com alguns atletas de futebol (e outros esportes também), realizando trabalhos individualizados para a preparação física. Em busca de melhorar as capacidades de cada atleta. Realizando trabalhos de força, agilidade, velocidade, potência, entre outras variáveis necessárias para os melhores resultados dos atletas dentro do campo. Mas no atual momento com a paralisação dos esportes por conta do COVID-19, os atletas acabam ficando sem saber muito bem como seguir para com o treinamentos em casa.

Atletas das primeiras divisões e times grande geralmente tem como manter os treinamentos. Uma vez em que o clube disponibiliza treinadores particulares para estes atletas, e o dinheiro não é um fator tão problemático para eles.

Já os atletas de divisões inferiores não recebem esse mesmo tratamento. Muito por conta do clube não ter verba para ajudar o atleta, e por conta do atleta também não conseguir pagar um professor particular. Mas esses atletas dependem de procurar maneiras alternativas de treinar, e tentar manter o condicionamento, esse necessário para que o atleta não volte em baixo nível.

Para que se tenha uma maior compreensão sobre o ‘DESTREINAMENTO’, um atleta de alto nível (em qualquer esporte), nessa paralisação tem perdas imprescindíveis, tanto muscular quanto de capacidades aeróbicas.

Um atleta de alto nível que deixa de realizar suas rotinas diárias de treinamento, acaba por ter déficits em torno de 30% a 40% das suas capacidades. E ao retornar a rotina normal esse demorará ainda para conseguir voltar em alto nível. Então está ai a importância de se manter ativo nesses dias de paralização.

Um bom aliado pode ser a internet. Existem vários exercícios que podem ser realizados dentro de casa com e até mesmo sem materiais, sendo possível realizar exercícios somente com o próprio peso corporal. Mas lembrando sempre dá importância de se consultar um professor de Educação Física formado e apto a dar as coordenadas exatas aos atletas. Pois por tentar realizar exercícios sem o real conhecimento de como realiza-los, o atleta pode acometer-se de lesões leves e até mais graves.

Outro ponto é que no momento não se deve realizar atividades em áreas externas. Mas se o atleta o fizer, que evite lugares de aglomeração. Alguns atletas podem realizar corridas e ou até mesmo pedaladas como uma forma de tentar manter seu preparo físico. Mas recomendo que até isso seja supervisionado por um profissional de Educação Física, para que os resultados alcançados com a atividade sejam satisfatórios.

Com tudo, para finalizar, devemos sempre lembrar que essa fase vai passar em algum momento e a necessidade de estar bem preparado fisicamente se faz necessário aos atletas.

Embora a rotina mude, tente ao máximo realizar os treinos nos mesmos horários, nunca se esquecendo da necessidade de uma boa alimentação e de ter uma ótima noite de sono. Faça com que o seu corpo continue adaptado aos treinamentos para que não chegue a um nível de condicionamento baixo. E o mais importante, procure sempre a ajuda de um profissional de Educação Física formado, pois esses sim estão capacitados a dar o respaldo necessário aos atletas nessa fase tão difícil em que todo o mundo está passando.

Fica aqui o meu agradecimento por poder participar e dividir um pouco do meu conhecimento para com todo os leitores do site. Se quiserem saber um pouco mais sobre meu trabalho me sigam nas redes sociais. Meu integram: Marcelo Almeida Personal.

Grande abraço e até breve.”

Exercícios que podem ser realizados em vários ambientes:

O nosso muito obrigado aos alunos que compartilharam os vídeos com o Trivela na Rede.

A OMS recomenda passeios a pé ou de bicicleta, mas sem desrespeitar o distanciamento físico. Ressalta a importância de lavar as mãos com água e sabão ou utilizar álcool em gel antes de sair, no local externo e assim que chegar em casa. Porém, a entidade não recomenda a prática de exercícios em caso de febre, tosse e dificuldade em respirar. Especialistas reiteram a importância de uma vida ativa e saudável, mas, em meio a uma pandemia, é necessário bom senso.

Texto: Aspas: Marcelo Almeida | Complemento: Luan Rodrigues

Uma goleada de informação – Trivela na Rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.