Técnico de Futebol – Estevam Soares

Estevam Soares.png

  • Nome: Estevam Eduardo Lemos Soares (Estevam Soares);Estevam Soares 2
  • Profissão: Técnico de Futebol.
  • Jogador:
    • Guarani F. C.; São Paulo F. C.; Seleção Paulista; Joinville E. C.; A. Portuguesa; C. A. Taquaritinga; E. C. Bahia; S. C. Sport do Recife; E. C. Vitória; A. A. Ponte Preta; Sampaio Corrêa; Fluminense de Feira de Santana; e E. C. Primavera.
  • Técnico de Futebol:
    • E. C. Primavera; ABC F. C.; CSA; Guarani F. C.; A. A. Ponte Preta; C. Náutico Capibaribe; Olimpik de Beirute (Libano); CRB; S. E. Palmeiras; A. D. São Caetano; Coritiba F. C.; América F. C.; Al-Ittihad (Arábia Saudita); Portuguesa-SP; Botafogo F. R.; Ceará S. C.; Oeste; Grêmio Barueri; XV de Piracicaba; C. A. Sorocaba; Rio Claro F. C.; Tupi-MG; Bragantino; e Vitória da Conquista.

1º Pergunta

Trivela na Rede:

Estevam Soares, de Cafelândia/SP para o Mundo!
Por favor, conte-nos com foi o início da sua carreira como zagueiro, com passagens pelo Guarani, XV de Jaú, São Paulo, Portuguesa, Bahia, Sport, Vitória, Ponte Preta, Sampaio Corrêa, Fluminense de Feira e Primavera.
Sem dúvidas que a iniciação de 1974, para os tempos atuais deve ter mudado consideravelmente na parte da Federação e profissionalização do atleta.
Pergunta! No ponto de vista da profissionalização do atleta no futebol, seja nas categorias de base ou no profissional, evoluímos ou regredimos?
E, você iniciou em 1974 no Guarani, permanecendo até 1976 e, em 1989 foi para a Ponte Preta! Como foi essa experiência?

Estevam Soares:

Pele_Estevam
Estevam Soares marcando o Rei Pelé

2º Pergunta

Trivela na Rede:

Como é o dia a dia de um Técnico de Futebol?
Os deveres e as obrigações, podem sofrer mudanças dependendo da estrutura do clube?
É possível implementar uma filosofia de trabalho de maneira padronizada, ou alguns clubes são resistentes a ponto de o Técnico precisar se adaptar e se reinventar?!

Estevam Soares:

 

3º Pergunta

Trivela na Rede:

A vida de um Técnico de Futebol no Brasil não é nada fácil. Diferente da Europa, três ou quatro resultados negativos já são suficientes para torcida pressionar o trabalho do Técnico, e normalmente ou quase sempre é o primeiro a ser desligado ou pedir para se desligar do cargo.
A mudança desse “conceito” deve partir de quem, quando e onde?
Como lidar e administrar essa situação? (Principalmente no início do ciclo da carreira de um Técnico de Futebol!)
Existe alguma empresa, agência ou sindicato, que auxiliar na recolocação do Técnico de Futebol no mercado de trabalho? Ou é tudo uma questão de networking/QI (contato).

Estevam Soares:

 

4º Pergunta

Trivela na Rede:

São três campeonatos a frente de uma equipe da série A1:
Estadual;
Copa do Brasil;
Campeonato Brasileiro (pontos corridos).
Quais os desafios singulares, táticos e financeiros, e as particularidades de cada campeonato na montagem e manutenção do elenco na busca por resultados?

Estevam Soares:

 

5º Pergunta

Trivela na Rede:

Alguns clubes do interior, sofrem com a falta de um aporte financeiro de respeito, precisam praticar em alto nível um futebol sem dinheiro, as vezes com instalações abaixo do desejável, precisam contratar jogadores a “custo zero”, e como se não bastasse, manter a regularidade para permanecer ou até conquistar o tão sonhado acesso.
O aparelho desfibrilador neste caso é a Copa Paulista, pelas receitas e a vitrine que gera.
A falta de calendário, receitas baixas, custos elevados, a cobrança da torcida que não levam em consideração essas dificuldades?! Sem mencionar as discrepâncias dos clubes da A1!
E, quando conseguem o tão sonhado acesso, os clubes de elite compram os melhores jogadores promovendo um desmanche sem precedentes! O clube recém promovido é novamente rebaixado.
Como administrar todas essas dificuldades? Existe uma “fórmula” mágica?

Estevam Soares:

 

6º Pergunta

Trivela na Rede:

As renuncias, abrir mão de algumas condições, mudar de cidade ou constantes viagens, ficar longe da família por alguns dias, semanas e até meses! São situações que um profissional que deseja seguir carreira como Técnico de futebol ou em outras áreas do esporte, precisa estar preparado. Com você não foi diferente.
Como foram esses momento? Que conselho você nos daria?

Estevam Soares:

 

7º Pergunta

Trivela na Rede:

Infelizmente no futebol o universo masculino e feminino divergem nos pontos de vista financeiro, espaço e relevância.
Vale ressaltar o excelente trabalho do Técnico Vadão a frente da seleção brasileira feminina e os títulos conquistados! Bem como a indicação para o prêmio de melhor do mundo na categoria.
Pergunta! O que você pensa a respeito?

Estevam Soares:

 

8º Pergunta

Trivela na Rede:

A renovação dos nossos Técnicos é algo saudável e que muitas vezes se mostra necessária.
Quando um clube da série A1 anuncia o desligamento de um Técnico, os mesmos nomes figuram como pretendidos. Entretanto, não possuímos nenhuma regulamentação obrigatória para exercer a profissão. No entanto, quando se defende essa renovação, pouco se discute uma questão muito importante: como se formam os treinadores no Brasil?
Analisando o mercado de Técnico Esportivo, com ênfase no futebol, podemos classificar que o seu ramo de negócio está em um oceano vermelho, com muitos tubarões (concorrentes).
Que conselho você daria, para aqueles que estão começando? Ainda têm espaço ou está saturado?

Estevam Soares:

 

9º Pergunta

Trivela na Rede:

Estamos falando de 25 anos (2018) na profissão de Técnico de Futebol! Acumulando ótimos resultados em grandes clubes nacionais e também no exterior.
Hoje, como o Estevam Soares olha para o passado e encara o futebol do presente para o futuro?

Estevam Soares:

 

10º Pergunta

Trivela na Rede:

Cite o nome de uma referência profissional na sua vida. Explique a sua escolha.

Em nome do Trivela na Rede, e também dos nossos leitores e assíduos do esporte, quero lhe agradecer pela entrevista, a atenção com a nossa equipe, e a forma irretocável com que conduziu cada resposta.
Deixamos o nosso espaço aberto, com o convite para novos projetos e para o que você precisar do Trivela na Rede!
Obrigado, Estevam Soares!

Estevam Soares:

 

Pergunta Bônus

Trivela na Rede:

Você prefere o modelo de pontos corridos ou mata-mata?

Aproveitando o ensejo, o que você achou do novo modelo da Taça Libertadores?

Estevam Soares:

 

You’ll Never Walk Alone